História dos brinquedos #1 | Ulla Brinquedos aprender brincando, historia dos brinquedos, ulla blocos, blocos de montar, bichos de pelucia, teddy bear, montessori, brinquedos, ulla brinquedos

História dos brinquedos #1

Publicado: 08/06/2018

Como um presidente tão famoso militarmente pode ter inspirado algo tão encantador?


O ano era 1902

Como de costume, Roosevelt tinha mais um pepino territorial nas mãos: a fronteira entre Mississipi e Lousiana.

Entre tempos, para descontrair um pouco, Roosevelt saiu à caça de um URSO! Passaram-se dias sem sucesso e a mídia já comentava sobre sua incapacidade. Preocupados, seus assessores amarraram um urso à árvore e ofereceram ao presidente, que nobremente recusou-se a matar o animal.


Estabelecendo os limites em Mississipi

Fotografia era um luxo em 1902 e os jornais contratavam cartunistas para contar uma história visualmente. O Washington Post encomendou um desenho do presidente se negando a matar o urso com título muito bem bolado: Estabelecendo limites em Mississipi.
O sucesso foi absoluto. A popularidade de Roosevelt como um homem forte mas misericordioso explodiu. O cartunista Clifford Berryman foi contrato muitas outras vezes para retratá-los. E a cada vez o ursinho ficava mais fofo.



As melhores ideias são as mais simples

Imigrantes russos do Brooklyn, os Michtom tinham uma simplória loja de doces. Para fechar as contas no final do mês as esposa Rose costurava bonecas. Ao ver o ursinho tão fofo no jornal o casal resolveu reproduzi-lo em veludo e com olhos de botões.
Foi colocado na vitrine por US$ 1,50. Ou US$ 42 hoje. Ou 156 reais. 
Nomearam-no Teddy em homenagem a Theodore que, diz a lenda, respondeu positivamente à carta dos Michtoms pedindo autorização.



Forte e reconfortante

Na natureza ursos não são as criaturas mais gentis. Mas é exatamente o seu tamanho e força natural que dão às crianças a sensação de conforto e segurança, segundo os psicólogos.
Características como ficar em pé e andar sobre duas patas ajudam na identificação humana.
Três anos após sua criação, em 1906, cerca de 1 milhões de ursos de pelúcia eram vendidos nos Estados Unidos anualmente.



Voltar